Fique ligado!

Número de medidas protetivas a mulheres é o maior em seis anos

img_797x448$2018_12_06_15_05_38_38185Embora ainda falte um mês para 2018 acabar, o Observatório Judicial de Violência contra Mulher já registrou um recorde histórico. De janeiro a novembro de 2018, 21.759 medidas protetivas de urgência foram deferidas pelo Tribunal de Justiça do Rio. O número é 12,6% maior do que o total de medidas concedidas em todo o ano de 2017, e é o maior dos últimos seis anos.O Destak já havia destacado o aumento das medidas protetivas de urgência no Estado do Rio há quase cinco meses. Agora, os números do ano que ainda nem terminou já superaram a série histórica. Antes, o recorde era de 2015, quando 21.668 medidas foram concedidas ao longo do ano. Na contramão, o número de prisões de 2018 (de janeiro a novembro) foi o menor nestes seis últimos anos. Enquanto, neste ano, ocorreram 596 prisões até novembro, foram 1.022 durante todo o ano de 2017, o que representa uma queda de 41,7%. As ações penais mais frequentes durante os seis anos dizem respeito aos crimes de lesão corporal e de ameaça. Apenas neste ano, foram 46.662 e 25.844 ações, respectivamente. No entanto, as ações que mais cresceram percentualmente, comparado com o ano passado, foram as de feminicídio. Neste ano já ocorreram 85, contra 66 no total do ano passado, o que representa um aumento de 28,79%. O Observatório Judicial da Violência contra a mulher reúne informações e dados sobre violência doméstica de gênero. Ele faz o acompanhamento estatístico da violência doméstica no Judiciário fluminense e desenvolve estudos sobre a evolução da violência de gênero.

– Denunciem, mulherada! Não se intimidem.

Fonte: Jornal Destak

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: