Fique ligado!

Jovem que criou plástico de maracujá será 1ª brasileira a assistir Nobel

Juliana Davoglio se tornou a primeira jovem brasileira da história a ser selecionada para acompanhar uma cerimônia do Prêmio Nobel. Ela foi a aluna que criou o plástico feito a partir da sobra de Maracujá .A invenção rendeu a Juliana o prêmio Jovem Cientista de 2018. Além disso, ela também desenvolveu um estudo sobre a transformação da casca de macadâmia em substrato para microorganismos com o intuito de produzir energia e celulose. O projeto foi apresentado no 33ª MOSTRATEC, maior feira de ciências de escolas da América Latina. Na ocasião, a feira foi realizada no estado de Juliana, em Novo Hamburgo (RS). Com isso, ela foi selecionada para representar o País no Seminário Internacional de Jovens Cientistas de Estocolmo, Suécia. A viagem será em dezembro de 2019, com apresentação de seu projeto no país, visitação a faculdades suecas, à família real sueca e ida à cerimônia do prêmio científico mais importante do mundo, o Prêmio Nobel.

-Essa menina vai longe!

Fonte: sonoticiaboa.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: